Kadriela

Conto escrito, a 4 mãos, por katthy { K@ } e katashi { K@ } quando da realização de uma tarefa do Reino. As escravas deveriam escrever duas linhas cada uma alternadamente, começando pela kathy.

 

Era uma vez, num Reino distante uma escrava chamada kadriela. Ela tinha sido abandonada por seu antigo Dono numa Escola SM local, sob os cuidados da diretora e sua assistente.

A escola era muito conhecida pelo ensino rígido de seus escravos e pelas duas maiores responsáveis, a diretora Senhora Orangenfarbig e a assistente Senhora Rouge. Os melhores subs do mundo saiam de lá.

 

kadriela passou muitas horas imaginando porque havia sido abandonada até que a Senhora Rouge a abordou com um chicote na mão: - Aqui não é lugar de lamentar kadriela, levante e pegue uma vassoura!

E por ser novata no meio, cumpria todas as ordens sem reclamar. As Senhoras pegavam muito no pé e quase todo dia tinha castigo, pois se tinha que ser formada como sub delas, tinha que ralar.

Triste por seu destino, jogou a vassoura pro lado e tomou um susto ao ver que Senhora Orangenfarbig a observava: - Já que o chicote não basta, vamos ver como se sente com um belo dildo no rabo!

E assim eram seus dias por lá. Tarefas eram dadas, algumas impossíveis de serem feitas. Os olhos vorazes das Senhoras nunca a deixavam em paz. Era treinada, usada, abusada, mas sabia que tinha que aprender.

Evitava cometer erros tolos mas era inútil. Todos os passos que dava era um possível erro ali. kadriela sabia que erros cometidos eram erros cobrados e sabia bem a dor que cada um de seus erros lhe causava.

Até que num dia normal por estar muito cansada, deixou de fazer a limpeza completa do quarto da diretora e acabou dormindo, debaixo de um pé de Amora. Só acordou com um grito medonho.

O grito era da Senhora Rouge que parecia muito mais brava que o normal. A Senhora a pegou forte pelo braço e gritou: - Sua atrevida preguiçosa! Vá para o salão principal agora e sem falar nada!

Com lágrimas por todo o rosto, kadriela sabia bem o que iria acontecer, baixou a cabeça e seguiu. De hoje não passava. Talvez seus maiores pesadelos criassem vida. Coisas no salão principal eram para todos.

Ela entrou no salão principal onde logo as duas Senhoras e toda a escola apareceram por trás dela. Tremendo, ouviu a Senhora Orangenfarbig anunciar zangada: - Vamos começar a punição!

Sempre de olhos baixos, ela escutou as risadas de alguns alunos e professores. Então a voz de ordem imperou no salão. – Tire essa maldita roupa do corpo, se não quiser que eu a arranque na chibata!

Pensou duas vezes mas obedeceu rápido. Nua, no meio do salão, a Senhora Rouge colocou uma cadeira próximo a kadriela e disse: - Apoie as duas mãos aí e empine bem essa bunda pra mim kadriela.

Com a bunda pra cima, pra todo mundo ver, ela sentiu cada rajada da cane que batia ali. Parou de contar quando seus joelhos cederam e foram ao chão. – Levanta daí sua imprestável. Ainda não cansei de você.

Sentindo os joelhos tremendo ela tentou se levantar mas foi inútil e implorou compaixão. Sorrindo, a Senhora levantou o chicote de novo: - Já que não levanta, vai apanhar no chão mesmo sua inútil!

A sessão de spanking foi só o começo. Humilhação foi o recheio. As corridas e os pulinhos foram coroados com duas quedas, que lhe custou dois tapas na cara e um arrastão de cabelo pelo chão.

Ela continuou no chão chorando mesmo depois que todos foram embora. Desejou muito que sua vida mudasse e a submissão fosse mais fácil e menos dolorosa, desejou um Dono.

Com todo o cansaço, dormiu. Acordou com uma voz enérgica a mandando levantar. Quando abriu os olhos e deu um pulo pra trás. Uma mulher de botas de cano alto e corset preto flutuava no ar.

Ela se identificou como a fada madrinha de kadriela e disse que lhe concederia um desejo contanto que ela obedecesse uma ordem que deveria ser cumprida até à meia-noite.

- Olhe bem e preste atenção. Se você me fizer gozar até a meia noite você terá o seu pedido, mas se não, o seu pior pesadelo vai acontecer. E pode ter certeza que esse vai realmente ser de doer os ossos.

kadriela, em pânico, começou a pensar em tudo que poderia fazer para ter seu desejo atendido: Dildos, choques, velas, exibicionismo...Tinha 3 horas e só conseguiu cumprir a tarefa faltando só 3 minutos.

- Muito bem mocinha. Sua boca realmente é um escândalo. Kadriela ficou feliz e fez seu pedido. Queria ter um verdadeiro Dono pro resto de sua vida. Um que soubesse o que era SM de verdade, O Mestre.

kadriela pediu a fada madrinha pelo Dono de seus sonhos e esperou que fosse atendida prontamente mas ao invés disso a fada avisou que ela seria mandada para um baile do clube local e lá O conheceria.

Como por mágica já estava na grande festa. Doms, Dommes e submissos de todos os lugares ocupavam o salão. Uma Domme ou sub seria escolhida para fazer parte do harém do novo Mestre nesta noite.

As Senhoras diretoras da escola tinham quase certeza que ganhariam o posto ao lado do Mestre tão desejado e riram ao ver que kadriela ousara aparecer no baile cheia de esperança de vencê-Las.

Foi então que do nada um homem de preto surgiu e fez calar todos a sua volta. Com um grande capuz escondendo seu rosto, em passos firmes e decididos que se aproximou de kadriela.

Ele disse: - Oi menina, está sozinha? Vibrando de alegria, kadriela respondeu que sim e Ele logo tomou sua mão: - Eu dançaria com você, mas eu acredito que numa festa como essa acharemos algo mais legal.

Com as mãos tremendo aceitou sem reclamar. Seguiu aquele Homem que a fez arfar. Sua calcinha já estava molhada antes de algo acontecer. Imaginou que iria ao paraíso ou ao inferno com muito prazer.

Ele a levou a uma sala isolada e trancou a porta, o que ela imaginou que seria uma cena de carinho rapidamente se tornou vital, ele a segurou pelos cabelos e disse: - Sabe quanto tempo andei atrás de você?

Ninguém tinha visto uma escolha tão rápida e tão visceral como aquela em muitos anos. Com um novo Dono kadriela sorria feliz e levava no corpo sua coleira. Uma nova vida começava cheias de novos fins.


  • Negrito
  • Itálico
  • Sublinhado
  • Stroke
  • Citação
  • Smileys
  • :confused:
  • :cool:
  • :cry:
  • :laugh:
  • :lol:
  • :normal:
  • :blush:
  • :rolleyes:
  • :sad:
  • :shocked:
  • :sick:
  • :sleeping:
  • :smile:
  • :surprised:
  • :tongue:
  • :unsure:
  • :whistle:
  • :wink:
 
  • 500 Caracteres restantes