Reino de K@, 02 de Fevereiro, 15 anos de História

 

kleo - karina - klara - kassia - kyra - karol - kamila e kyran - kátia - kalena - karen - kalía - kmile - kris - karoly - kayana - kapitu - karmen - karísia - karla - kássia - kalini - kora - kamily - kalola - klara - kalissa - kalícia - kazua - kayla - kamaya - kandida - kadyne - kananda - kaíra - kalina - kaleska - kaneda - kaiara - kariane - kathy - katashi - kamila - klea - kamona - kazady - kairê - kaluna - kafira - kihara - kadija - kokah - katherine - kaciara - karmina - kamira - kalíope - klarissa - katucha - kaêda - kamires - kaori - kaylane - karila - kaliza - khamar - kahima - kálida - kalinda - kakau - kasira - katarina - kally - kassandra - kara - kika - kâmala - kiara - kalyne

 

L e i a +

Cerimônia da Tiara Dourada

Esta cerimônia foi criada em homenagem a minha escrava karla, que por conta das limitações pessoais nem sempre podia estar presente a todos encontros reais. 

 

A Tiara Dourada é um símbolo que tem origem no Antigo Egito, traduz feminilidade, delicadeza, força e carisma. Depositada na cabeça da escrava, independente da classe que pertença, a Tiara Dourada confere a esta, o poder de domínio sobre as demais escravas e por consequência os privilégios e mordomias que terá pelo importante papel que passa a ocupar. 

  

 

Este ritual reporta a simbologia de reconhecimento, respeito e veneração que tinham para com as mulheres-deusas portadoras deste símbolo sagrado no antigo Egito.

 

Começa-se a cerimônia...

 

A Tiara Dourada é depositada sobre a logomarca do Reino, seguida do espaço onde será revelado o nome da escrava escolhida. Acima estão dispostos três candeeiros apagados; na medida em que estes vão sendo acesos, da direita para a esquerda, a luz que deles irradia provém a energia positiva tão necessária para se viver mais um desafio.

 

Sob ordem do Mestre uma escrava é chamada a acender, a cada dia, os candeeiros:

 

  • Primeiro – Símbolo da entrega. Feita por livre escolha todas as escravas do Reino se entregam para viver a fantasia do Mestre.
  • Segundo – Símbolo da determinação. Importante em todos os momentos, sobretudo, na superação dos limites e de permanecer fiel ao propósito de servir nas condições que o Mestre determinar.
  • Terceiro – Símbolo da sabedoria e respeito ao próximo. Necessários à escrava para que desempenhe bem o papel que lhe foi confiado. 

 

No quarto dia é revelado o nome da escolhida que passa a portar a Tiara Dourada. Ela deve estar consciente de que os desejos do Mestre prevalecem sempre; da mesma forma, o poder que lhe foi conferido é efêmero, ou seja, a Tiara estará com a escrava até que os candeeiros sejam apagados e um novo ciclo deverá se iniciar quando for a vontade do Mestre.

  


  • Negrito
  • Itálico
  • Sublinhado
  • Stroke
  • Citação
  • Smileys
  • :confused:
  • :cool:
  • :cry:
  • :laugh:
  • :lol:
  • :normal:
  • :blush:
  • :rolleyes:
  • :sad:
  • :shocked:
  • :sick:
  • :sleeping:
  • :smile:
  • :surprised:
  • :tongue:
  • :unsure:
  • :whistle:
  • :wink:
 
  • 500 Caracteres restantes