Cerimônia das Velas

São as cerimônias que tornam o BDSM tão mágico. Criei este rito muito particular que simboliza a passagem de Classe de uma escrava no Reino de K@.

 

Toca-se o sino para marcar o início da Cerimônia...

 

A escrava é conduzida até o local da Cerimônia...

 

Ele, ordena que ela ajoelhe-se e beije os seus pés em sinal de sua submissão.

 

 

O Mestre fala da importância da liturgia...

 

O que torna o BDSM único é a liturgia. Os participantes têm seus papéis a representar e seus determinados comportamentos a seguir. Tons de voz, posicionamento corporal, código de segurança, iluminação, instrumentos, acessórios, nicks tudo colabora para a composição do clima.

 

A liturgia pode ser entendida de várias maneiras. Seus rituais emocionam, encantam e possibilitam uma melhor e mais profunda imersão em nossas fantasias.”

 

O Mestre fala da importância dos rituais...

 

Uma cerimônia é um instrumento de transformação, para que nos tornemos pessoas melhores. Realizar uma cerimônia é fazer uma pausa em nossas vidas, para que possamos refletir e celebrar que somos capazes de aprender, reavaliar e resgatar valores e conceitos importantes sobre o mundo em que vivemos. É um meio de nos comprometermos e honrarmos as mudanças que ocorrem em nossas vidas. Por isto estamos aqui reunidos para realizar a Cerimônia das Velas, um rito particular, criado no Reino de K@, para simbolizar a mudança de classe de uma escrava.

 

Ele ordena que ela leia o seu

 

 

Compromisso de Entrega SM

 

Comprometo-me a entregar ao meu Dono e Senhor, Mestre K@, A minha condição de escrava e submissão de modo absoluto.

 

A confiança que tenho naquele que me tomou, por direito como sua,É incondicional e irrestrita, mesmo diante de minhas dificuldades e limites. Mais do que cunhada em metal e exposta ao público, A minha coleira está incrustada no meu coração, e junto com ele, Ela irriga e alimenta com energia e vitalidade toda esta minha entrega.

 

Comprometo-me a vivê-la ativamente assumindo o papel que o meu Mestre desejar. Rudeza, atitudes frias, impiedade no seu agir e falar são traços que se completam, Com um lado doce, terno e gentil de um verdadeiro Mestre;

 

Comprometo-me a estar sob o seu domínio, como argila moldada nas mãos do oleiro. Não é na dor que me provocam os castigos físicos e psicológicos, que sinto prazer, mas sim, no ato da minha total entrega.

 

Mestre, o seu prazer é o meu, a sua alegria é a minha, Ofereço-me de corpo, alma, coração e vida revestida desta minha plena condição servil.



 

O Mestre, pede que ela reafirme o seu Compromisso. Estas palavras, ainda encontram um forte significado em seu koração?

 

Diante de nós, três velas. Apagadas. Símbolos de valores que entendo serem importantes a todas as pessoas, mas, nesse momento, em especial para você.

 

Acenda-as, uma após a outra. Mentalize cada um desses símbolos, de forma a perpetuá-los em nossas vidas.

 

Branca: Símbolo da harmonia. Que deve ser conquistada através da paciência, da humildade e da sabedoria. Que defende interesses e valores de modo nunca fracassar em seu sonho de ser escrava.

 

Amarela: Símbolo da entrega. Que deve ser exercida com muita disciplina e pureza de cada pensamento, palavra e ação, pois só assim conquistará os níveis mais elevados de ensinamentos.

 

Vermelha: Símbolo do amor. Amor: que vai do Dono, passa pelas escravas que nos acompanharem, pelos amigos e chega aos desconhecidos. Amor que lhe expanda seus limites.

 

O Mestre, coloca a nova coleira, em sua escrava.

 

Curve-se. É hora de trocar os símbolo que te acompanharam na classe de vermelho, pelos os que a acompanharão em sua nova classe. Em sua coleira uma pequena pedra brilhante para que se lembre da luz que traz a minha vida.

 

Espero que sua nova coleira ilumine seus passos e traga-lhe crescimento enquanto escrava e mulher. Que a faça caminhar de uma forma harmoniosa e de acordo com os valores que sempre nortearam nossa relação. Seja justa e sempre elegante em seu comportamento. Estenda a mão aos que precisarem, sem nada esperar em troca. Seja cúmplice, transparente e sincera com os seus sentimentos.

 

O Mestre, ordena que a escrava estenda a mão esquerda e pinga gotas de cera de cada uma das velas

 

Que estas velas selem este momento, não deixando que suas chamas se apaguem e a escuridão tome conta de seu coração. Lute para que elas permaneçam a iluminar sua vida, fazendo deste seu maior objetivo em servir.

 

Pede que cada um dos presentes pegue uma pétala e guarde-a. Algum dia vocês as encontrarão nao sei onde. Talvez num livro ou em algum porta jóia, uma testemunha silenciosa do que este momento significou para cada um de nós.

 

Toca-se o sino para marcar o fim da Cerimônia...

 


  • Negrito
  • Itálico
  • Sublinhado
  • Stroke
  • Citação
  • Smileys
  • :confused:
  • :cool:
  • :cry:
  • :laugh:
  • :lol:
  • :normal:
  • :blush:
  • :rolleyes:
  • :sad:
  • :shocked:
  • :sick:
  • :sleeping:
  • :smile:
  • :surprised:
  • :tongue:
  • :unsure:
  • :whistle:
  • :wink:
 
  • 500 Caracteres restantes