Escrava kalía Volta para Sub de Preto

Com a chegada da Klara ao papel de Sub de Vermelho, as coisas não mudaram muito a princípio. As ordens eram passadas para a Sub de Laranja, que as transmitia para Sub de Vermelho, que deveria, não só passar para as demais escravas, mas também acompanhar se todas estavam cumprindo com o determinado.

O tempo foi passando. Fui mostrando à Sub de Vermelho o que dela eu esperava e quando eu achei que ela estava pronta, optei por dar um passo bem mais delicado na minha fantasia. Decidi, que era hora de voltar a kalía - Sub de Laranja - para a Classe de Preto.

 

Apesar do meu receio, eu entendi que a kalía já tinha me dado todas as provas de sua entrega e submissão. Claro que eu temi que ela me devolvesse a coleira e que o namoro também terminasse, mas tem hora que o lado sádico de um dominador fala mais alto e assim aconteceu.

No Reino, eu sempre tive como postura, conversar primeiro com a Sub de Laranja e Vermelho, nesta ordem, sobre os rumos da minha fantasia, sobre vivências e novas escravas com quem estava conversando. As escravas da Classe de Preto nunca participaram destas decisões e só eram notificadas das mudanças ou entrada de novas escravas.

No novo cenário, as coisas seriam bem diferentes. Com o Reino sem Sub de Laranja, a Sub de Vermelho tornava-se a submissa da classe mais alta, já a kalía, minha namorada, como submissa da Classe de Preto, deixaria de participar dos momentos decisivos, o que veio a se tornar o ponto mais delicado e difícil para a kalía aprender a lidar na sua nova condição.

No BDSM há sempre muita fofoca, por isto sempre friso que a kalía não fez nada de errado para voltar para a Classe de Preto. A mudança só aconteceu, por ser esta uma grande fantasia. Eu acreditei e acertei que a kalía seria a primeira escrava a me oportunizar viver esta situação.

 


 

Abaixo, transcrevo a mensagem que deixei no site para a kalía, em 01 de Outubro de 2008.

       A Entrega

Uma das maiores virtudes de uma escrava é a capacidade de entrega verdadeira ao seu Dono. A entrega só é percebida nos momentos em que a ela se vê na condição de superar seus limites em nome da vontade daquele a quem se submete.

Nos três anos que eu e minha escrava kalía estamos juntos, ela me deu várias provas de sua submissão e por isso passou a ocupar a classe da “Sub de Laranja” – merecimento por toda sintonia, vivida intensamente, com a minha fantasia.

Exatamente por saber de suas qualidades, eu decidi que ela voltará a ocupar a Classe de Preto e deverá cumprir todas as tarefas pertencentes a essa classe. A troca da coleira aconteceu no Clube Dominna diante de algumas pessoas amigas que testemunharam a minha decisão.

A decisão tem unicamente a ver com um capricho meu. Não foi por demérito ou por algo que desabonasse a sua conduta, pelo contrário, sei que ela é forte e madura o suficiente para superar mais esse desafio, como todos que já superou ao meu lado.

Será um período de muitas provações e sem dúvida de crescimento para ela. Seja bem vinda minha, novamente, pretinha.

 


  • Negrito
  • Itálico
  • Sublinhado
  • Stroke
  • Citação
  • Smileys
  • :confused:
  • :cool:
  • :cry:
  • :laugh:
  • :lol:
  • :normal:
  • :blush:
  • :rolleyes:
  • :sad:
  • :shocked:
  • :sick:
  • :sleeping:
  • :smile:
  • :surprised:
  • :tongue:
  • :unsure:
  • :whistle:
  • :wink:
 
  • 500 Caracteres restantes